Angelina Jolie e Jack Black buscam "paz interior" em "Kung Fu Panda 2"

quinta-feira, 12 de maio de 2011 13:09 BRT
 

Por Mike Collett-White

CANNES (Reuters) - A atriz Angelina Jolie disse que o filme de animação em 3D "Kung Fu Panda 2" fala sobre encontrar a "paz interior", enquanto seu colega de elenco Jack Black questionou se todas as formas de vida passam por "momentos fugazes de 'existencialismo'".

Numa coletiva de imprensa com momentos surreais feita nesta quinta-feira para promover o filme no Festival de Cinema de Cannes, os tópicos discutidos variaram desde a violência no cinema até a China e a adoção, embora Jack Black não tenha deixado o tom ficar sério demais.

"Minha paz interior está em pedaços neste momento", disse ele, brincando, a uma multidão de repórteres em um salão de baile elegante.

"Kung Fu Panda 2" é a sequência do original bem-sucedido de 2008, que rendeu 632 milhões de dólares nas bilheterias internacionais, e Black disse que haverá outras sequências se os filmes continuarem a fazer sucesso comercial.

Em "Kung Fu Panda 2", o herói, o panda gorduchinho Po (dublado por Jack Black), precisa encontrar sua paz interior para conseguir derrotar seu arqui-inimigo, Lord Shen, um pavão malévolo dublado por Gary Oldman que quer conquistar a China com uma arma "invencível" e destruir o kung fu de uma vez por todas.

E Po descobre que é adotado -- fato que não surpreende muito os espectadores, considerando que seu "pai" é um ganso.

A premiada com o Oscar Angelina Jolie faz a voz da Tigresa, e Dustin Hoffman faz a voz do Mestre Shifu, o mentor de Po na história, ambientada na China antiga, com panos de fundo de florestas verdejantes, templos grandiosos e cidades movimentadas.

Embora o filme não faça parte da competição principal em Cannes, o festival aprecia blockbusters como esse porque atraem estrelas de primeira grandeza, como Jolie, e geram o tipo de burburinho entre mídia e fãs que anima o evento anual.   Continuação...