Schwarzenegger reconhece filho fora do casamento

terça-feira, 17 de maio de 2011 16:44 BRT
 

SAN FRANCISCO (Reuters) - O ex-governador da Califórnia Arnold Schwarzenegger, recém-separado após 25 anos de casamento e buscando retomar a carreira de ator, reconheceu que mais de dez anos atrás teve um filho com uma empregada doméstica de sua casa.

Em comunicado enviado em resposta a perguntas formuladas pelo jornal Los Angeles Times na terça-feira, Schwarzenegger disse: "Depois de deixar o cargo de governador eu contei a minha mulher sobre esse fato, que ocorreu há mais de uma década".

"Compreendo e mereço os sentimentos de raiva e decepção de meus amigos e familiares. Não tenho como me desculpar e assumo plena responsabilidade pela mágoa que causei. Já pedi perdão a Maria, meus filhos e minha família. Lamento verdadeiramente."

Na semana passada, Schwarzenegger, 63, e a mulher, Maria Shriver, anunciaram que se separaram este ano. Eles ficaram casados por 25 anos e têm quatro filhos.

Em nota divulgada pela revista People, Shriver, de 55 anos, pediu privacidade. "Este é um momento de dor e sofrimento. Peço compaixão, respeito e privacidade enquanto eu e meus filhos tentamos reconstruir nossas vidas".

O jornal não citou o nome da mulher envolvida com o ex-governador. Contudo, quando contatada pelo Los Angeles Times na segunda-feira antes de Schwarzenegger divulgar seu comunicado, ela disse que se aposentou em janeiro, depois de trabalhar para a família por 20 anos. Ela disse ao jornal que seu então marido era o pai da criança.

Após ser informada pelo jornal sobre a declaração dada por Schwarzenegger, a mulher se calou.

Maria Shriver, escritora e ex-jornalista da NBC, é ativa junto a uma série de organizações voluntárias.

Sua mãe era irmã do presidente norte-americano assassinado John F. Kennedy, e seu pai, Sargent Shriver, foi o candidato democrata à vice-presidência em 1972. Sargent Shriver morreu em janeiro, aos 95 anos.   Continuação...

 
Arnold Schwarzenegger durante discurso ao receber prêmio na Comemoração do Dia da Independência de Israel, no Centro Skirball, em Los Angeles, em 10 de maio. O ex-governador da Califórnia reconheceu que mais de dez anos atrás teve um filho com uma empregada doméstica de sua casa, divulgou o jornal Los Angeles Times nesta terça-feira.
 10/05/2011  REUTERS/Mario Anzuoni