Lohan consegue ordem de restrição contra homem que a persegue

sexta-feira, 20 de maio de 2011 18:49 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - Lindsay Lohan conseguiu uma ordem de restrição temporária contra um homem que, segundo ela, mandou mensagens de texto absurdas para o seu telefone e acredita que tem um relacionamento romântico com ela, disse um porta-voz do tribunal.

David Cocordan deixou caixas de chocolate em formato de coração na casa de Lohan e artigos de revistas sobre a atriz com o seu nome escrito sobre as páginas, disse Lohan nos documentos que enviou à corte.

Ele entrou em contato com a atriz de 24 anos em mais de 100 ligações indesejadas e mensagens de texto desde 2009, afirmam os documentos do processo.

Um juiz da Suprema Corte de Los Angeles garantiu à ordem de restrição contra Cocordan na quinta-feira e definiu audiência no dia 8 de junho para definir se a ordem deve ser permanente.

Cocordan não foi encontrado para comentar o caso.

A polícia acredita que Cocordan é esquizofrênico e não está tomando os seus remédios, disse Lohan nos documentos do processo. Ele acredita que está noivo dela e mandou mensagens sexuais explícitas.

Lohan, que já foi considerada um dos talentos mais promissores de Hollywood, foi condenada neste mês a quatro meses de cadeia depois de não contestar a acusação de ter roubado um colar de 2.500 dólares de uma loja de Los Angeles.

A expectativa é que ela cumpra apenas 16 a 17 dias da sentença -- provavelmente em prisão domiciliar -- a partir de meados de junho.

Lohan raramente ficou longe manchetes nos últimos quatro anos por conta das repetidas visitas a tribunais, prisões e centros de reabilitação por conta de uso de drogas.