Filme esquecido com Chaplin pode ser vendido por uma fortuna

terça-feira, 31 de maio de 2011 13:45 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Um curta-metragem esquecido que inclui imagens do comediante lendário Charlie Chaplin está previsto para render mais de 100 mil libras (165 mil dólares) quando for a leilão em junho, disse nesta terça-feira a casa de leilões Bonham's.

O curta "Charlie Chaplin in 'Zepped'", que seria um filme de propaganda política feito na Grã-Bretanha durante a Primeira Guerra Mundial, foi encontrado dentro de uma velha lata amassada de rolo de fita que o colecionador Morace Park comprou por 3,20 libras no site de leilões online eBay.

De acordo com a casa de leilões, o filme de sete minutos mostra Chaplin enfrentando o dirigível alemão Zeppelin e inclui algumas das primeiras sequências de animação da história do cinema.

"Num primeiro momento, eu não tinha ideia do que tinha em mãos", disse Park. "Fui falar com especialistas em cinema na Europa e nos Estados Unidos, e um comentário foi comum a todos: nenhum deles tinha visto esse tipo de filme antes".

O crítico de cinema e biógrafo de Chaplin David Robinson disse que Chaplin provavelmente nunca soube da existência do filme.

Robinson disse que o criador anônimo do curta-metragem juntou sequências não utilizadas de três filmes anteriores de Chaplin -- "Seu Novo Emprego" (1914), "A Jitney Elopement" (1915) e "O Vabagundo" -- e incluiu sequências de animação "stop-motion" e outros efeitos.

Park encontrou casualmente um anúncio de uma exibição comercial do filme na publicação Manchester Film Renter e descobriu que o trabalho provavelmente foi enviado ao Egito com o intuito de elevar a moral das tropas britânicas estacionadas no país.

Os dirigíveis alemães Zeppelin atacaram a Grã-Bretanha durante a Primeira Guerra Mundial, e a Bonham's disse que o filme "Zepped" provavelmente foi criado com o objetivo de desfazer a preocupação provocada pelos ataques.

Mas o filme nunca chegou a ser distribuído amplamente, possivelmente devido à natureza delicada do assunto, os ataques, na época de seu lançamento, em 1916.   Continuação...