Jane's Addiction olha para o futuro com novo álbum

quinta-feira, 2 de junho de 2011 14:42 BRT
 

Por Dean Goodman

LOS ANGELES (Reuters) - A meia-idade veio apenas aguçar os instintos ousados do Jane's Addiction, um dos primeiros grupos de rock alternativo a ter conquistado reconhecimento do grande público na década de 1980.

Correndo para finalizar seu primeiro álbum em oito anos para que fique pronto a tempo de ser lançado em setembro, os três integrantes fundamentais da banda estão atentos para não se deixarem distrair por glórias passadas, enquanto tentam levar em novas direções seu idealismo musical juvenil, que transcende gêneros.

"Quero ser importante em seu passado e sua história. Mas também quero fazer parte deste ano, do ano que vem e do ano depois disso", disse à Reuters o vocalista Perry Farrell, de 52 anos.

Então como eles estão fazendo isso? Abraçando a tecnologia moderna com mais disposição que o usual, para criar música usando loops e elementos eletrônicos. O álbum semiacabado já tem um título, "The Great Escape Artist", que remete às manobras hábeis da banda pela paisagem musical.

"Se você estiver usando equipamentos antigos para compor sua música e tocá-la, sua música vai soar gasta e velha. Você precisa aprender a usar os equipamentos atuais, porque isso é vital para ter um som novo", disse Farrell.

O Jane's Addiction emergiu do underground do rock de Los Angeles em meados dos anos 1980 e rapidamente se diferenciou de outros grupos pós-punks. A atuação sexualmente ambígua de Farrell sobre o palco e seus vocais com som infantil eram complementados pelos riffs poderosos do guitarrista Dave Navarro, a percussão tribal de Stephen Perkins e o baixo simples e melódico de Eric Avery.

"Eles são uma banda que não poderia ter acontecido em nenhum outro lugar e que tem o som da cidade em que se formou", disse o guitarrista do Rage Against the Machine, Tom Morello. "Na música do Jane é possível ouvir a violência, as drogas, a beleza, o mar, a poluição, o medo e o poder de redenção de nossa cidade."

Morello saudou a banda quando seus membros deixaram as impressões de suas mãos em cimento molhado no RockWalk, um santuário em Hollywood dedicado às bandas de rock e aos bluesmen que deram origem a elas.

"The Great Escape Artist" é o quarto álbum gravado em estúdio pelo Jane's Addiction desde 1988 e o primeiro desde "Strays", de 2003. Um vídeo da nova canção "End to the Lies" foi lançado na semana passada.

Outras faixas do álbum vão incluir "Irresistible Force", descrito por Navarro como tendo "alguma magia captada nela", e a longa "Splash a Little Water", que ele descreveu como sendo "meio ambiente e cinematográfica".

 
Perry Farrell (centro), Dave Navarro (dir) e Stephen Perkins, da banda de rock Jane's Addiction, são inaugurados na Calçada da Fama em Hollywood, na Califórnia. A meia-idade veio apenas aguçar os instintos ousados da banda, um dos primeiros grupos de rock alternativo a ter conquistado reconhecimento do grande público na década de 1980.
01/06/2011  REUTERS/Mario Anzuoni