Iniciativa tentará levar vestido de Marilyn Monroe de volta à NY

sexta-feira, 3 de junho de 2011 12:53 BRT
 

Por Jonathan Allen

NOVA YORK (Reuters Life!) - O icônico vestido branco que a atriz Marilyn Monroe usou no filme "O Pecado Mora ao Lado" poderá ser enviado de volta à cidade de Nova York, onde o vento do metrô provocou a famosa cena histórica do cinema.

Uma empresa de tecnologia com sede em Nova York está levantando fundos para comprar o vestido quando ele for leiloado ainda neste mês em Los Angeles, com o objetivo de levar a criação de volta para casa onde ficará em exibição permanente, possivelmente em um museu.

"O vestido usado por Marilyn Monroe em "O Pecado Mora ao Lado" faz parte tanto da imagem icônica da atriz quanto de sua beleza estonteante", disse em comunicado Darlene Newman, co-fundadora da inQuicity, produtora de aplicativos para smartphones que está organizando a iniciativa.

"Também é uma peça prolífica da vívida história e cultura da cidade de Nova York, e merece encontrar uma moradia permanente aqui."

A empresa criou uma página na Internet, www.savethedress.org, para atrair doadores, que receberão crédito em qualquer exibição do vestido.

A casa de leilões Profiles in History, que está organizando o leilão, afirma que o traje vale entre 1 milhão e 2 milhões de dólares.

Atualmente, o vestido é propriedade da atriz Debbie Reynolds, e faz parte de uma ampla coleção de roupas e assessórios que será leiloada em 18 de junho. Entre os outros artigos que serão vendidos estão figurinos de "O Mágico de Oz", "E o Vento Levou" e "Cleópatra".

A entidade responsável pelos bens de William Travilla, estilista do vestido que venceu um Oscar pela criação, apoiou a campanha do inQuicity.