Lindsay Lohan consegue ordem de restrição contra fã

quarta-feira, 8 de junho de 2011 20:20 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - A atriz Lindsay Lohan conseguiu nesta quarta-feira uma ordem judicial que proíbe a aproximação por dois anos de um homem que ela diz ter mandado mensagens delirantes de texto para o seu telefone e deixado chocolates em sua porta.

A decisão do juiz Joseph Biderman, da suprema corte de Los Angeles, aconteceu depois de Lohan ter conseguido uma ordem de restrição temporária contra David Cocordan.

Lohan não participou da audiência por estar em prisão domiciliar por conta de roubo de jóias. Ela deve ser libertada no final de junho.

A atriz de 24 anos, que estrelou filmes como "Garotas Malvadas" e "Sexta-Feira Muito Louca", disse no processo que Cocordan acreditava que tinha uma relação romântica com ela. Lohan também o acusou de contatá-la com mais de 100 ligações e mensagens de textos sexualmente explícitas desde 2009.

Lohan, que já foi considerada uma das atrizes jovens mais promissoras de Hollywood, está sempre nas manchetes devido a várias prisões e internações para reabilitação pelo uso de drogas.