10 de Junho de 2011 / às 14:44 / 6 anos atrás

Fotos inéditas do início da Beatlemania vão a leilão

Por Mike Collett-White

LONDRES (Reuters) - Elas ficaram acumulando poeira em um porão por mais de 40 anos, mas agora o fotógrafo norte-americano Mike Mitchell decidiu leiloar as fotos que capturam o momento em que os Beatles se tornaram um fenômeno mundial.

Mitchell, agora na casa dos 60 anos, recebeu uma credencial pra cobrir o primeiro show nos Estados Unidos do quarteto Liverpool, no Washington Coliseum, em 1964, logo depois de o grupo ter sido apresentado no programa de Ed Sullivan na TV.

Naquele mesmo ano ele também esteve no show em Baltimore, num momento em que a fama dos Beatles havia aumentado consideravelmente.

"Ouvi a música e eu tinha de estar lá", disse Mitchell, cercado por uma seleção de fotos em preto-e-branco que possuem espontaneidade que muitos fotógrafos não conseguiram captar depois.

Ele vai vender a coleção por meio da casa de leilões Christie's, em Nova York, mas está exibindo-as antes em Londres, para aumentar o interesse de potenciais compradores.

"Naquela época as coisas eram muito diferentes", disse o fotógrafo à Reuters nesta sexta-feira. "Não havia nenhuma grande presença da segurança, a imprensa não ficava encurralada e eu estava um pouco livre para dar vazão à minha ambição."

Várias das fotos, de preço estimado entre 1.000 e 6.000 dólares cada, foram tiradas a partir de ângulos vantajosos e com foco em detalhes.

A fotografia escolhida pela Christie's para ilustrar a coleção mostra os quatro Beatles vistos de trás, olhando para as luzes brilhantes que os acompanhariam onde quer que fossem depois da onda de "Beatlemania" em 1964.

Uma outra foi tomada do lado de uma mesa à qual os quatro se sentaram para dar uma entrevista coletiva à imprensa, e outras fotos focam apenas nas mãos de Ringo Starr ou nos pés de Paul McCartney em um palco entulhado de doces atirado pelas fãs que gritavam.

Ao explicar seu estilo pessoal nas imagens, Mitchell afirmou que tentou fazer o que os outros fotógrafos não estavam fazendo no show.

Mitchell, então com 18 anos de idade, disse que por volta dos anos 1970 sabia ter sido privilegiado por ter participado da história do rock and roll.

Quando foi pego pela recente crise nos EUA, Mitchell decidiu que era hora de tirar a poeira de seu arquivo, e vendê-lo. A coleção é estimada em cerca de 100 mil dólares.

"Não se pode esquecer 8 mil garotas gritando", disse ele, sobre suas primeiras recordações dos Beatles. "Era como o nascimento da minha geração."

Reportagem de Mike Collett-White

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below