Carl Gardner, vocalista dos Coasters, morre aos 83 anos

terça-feira, 14 de junho de 2011 13:20 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O vocalista e fundador da banda Coasters, Carl Gardner, morreu aos 83 anos, anunciou o site oficial do grupo.

Ele faleceu no domingo, em uma causa de repouso na Flórida, depois de sofrer de insuficiência cardíaca congestiva e de demência vascular "por algum tempo".

Os Coasters eram um grupo vocal de R&B dos Estados Unidos, com uma série de sucessos nos anos 1950, como "Young Blood", "Searchin'", "Poison Ivy" e o famoso "Yakety Yak".

Gardner foi o vocalista da banda The Robins, de Los Angeles, antes de se unir, junto com o colega de banda Bobby Nunn, a Billy Guy, Leon Hughes e o guitarrista Adolph Jacobs para formar os Coasters em 1955.

Eles formaram uma parceria com a dupla de compositores Jerry Leiber e Mike Stoller e ficaram conhecidos como os "príncipes-palhaço do rock n'roll" por suas músicas cômicas e excentricidades no palco.

"Eles eram como grupo de comédia, e escrevíamos músicas para eles, escolhendo os versos para cada cantor como se estivessem encenando uma peça", disse Stroller ao Los Angeles Times.

A banda foi inscrita no Hall da Fama do Rock and Roll em 1987.

Gardner nasceu no Texas em abril de 1928 e começou a cantar desde muito cedo. Ele deixa sua esposa, Veta, a filha Brenda e dois filhos, Carl Jr. e Ahilee, além de sete netos e uma bisneta.

Seu enterro será realizado em Port St. Lucie, na Flórida, em 21 de junho.

(Reportagem de Mike Collett-White)