Charlie Sheen perde fase inicial em processo por demissão de TV

quarta-feira, 15 de junho de 2011 20:25 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - Um juiz decidiu na quarta-feira que o processo de Charlie Sheen contra a Warner Bros não terá uma audiência aberta. A ação foi motivada pela sua demissão da série de comédia de sucesso "Two and a Half Men".

A decisão do juiz da Corte Superior de Los Angeles Allan Goodman foi vista como uma vitória para o estúdio responsável pela sitcom e para o produtor Chuck Lorre, que também é alvo de um processo de Sheen por conta de discussão com o ator.

Depois de tirar férias da série para um processo de reabilitação de uso de drogas, Sheen foi demitido em março de "Two and a Half Men", que é produzida pela Warner Bros e é transmitida pela CBS.

Sheen, que alega no processo que foi demitido por criticar os produtores, quer mais de 100 milhões de dólares em indenização.

(Por Alex Dobuzinskis)