Giggs processa tablóide britânico por interceptar suas mensagens

quinta-feira, 16 de junho de 2011 09:54 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O astro do Manchester United Ryan Giggs se uniu ao grupo de celebridades que estão processando a tablóide britânico News of the World por interceptar ilegalmente suas mensagens de voz, disseram advogados nesta quinta-feira.

"Processos relacionados ao acesso ilegal a telefones foram apresentados por parte de Ryan Giggs no Tribunal Superior contra a News Group Newspapers Ltd, os editores da News of the World, e Glenn Mulcaire", disse a empresa de advocacia que representa Giggs, a Schillings.

Mulcaire é um detetive particular que foi condenado em 2007 junto com o então editor do News of the World por acesso ilegal a mensagens de voz. O caso foi arquivado, mas foi retomado no início deste ano depois do surgimento de novas provas.

Dezenas de atores, políticos e esportistas, incluindo o astro de Hollywood Jude Law, estão processando o jornal, que integra a News Corp, império midiático de Rupert Murdoch, por supostamente buscar informações em suas mensagens de voz para criar escândalos e vender jornais.

O assunto prejudicou a tentativa da News Corp de comprar os 61 por cento que ainda não possui da emissora BskyB por 14 bilhões de dólares. Críticos afirmam que o escândalo indica que a empresa não está em condições de ter mais participação na mídia britânica.

Entre as outras supostas vítimas da intercepção ilegal de mensagens de voz pela News of the World estão o ex-premiê britânico Gordon Brown, o ex-jogador de futebol Paul Gascoigne e o comediante Steve Coogan.

(Reportagem de Georgina Prodhan)