Acusados de conspirar contra Joss Stone vão a tribunal

quinta-feira, 16 de junho de 2011 10:42 BRT
 

LONDRES, 16 de junho (Reuters Life!) - Dois homens envolvidos em um suposto complô que tinha como alvo a cantora de soul Joss Stone seguiam presos nesta quinta-feira depois de uma audiência judicial na Grã-Bretanha.

Junior Bradshaw, de 30 anos, e Kevin Liverpool, de 33, ambos de Manchester, são acusados de conspiração para roubar e cometer lesão corporal dolosa.

Eles foram presos na cidade de Cullompton, em Devon, na segunda-feira, próximo à residência de Stone, de 24 anos.

A cantora produziu sucessos como "Super Duper Love" e "Fell In Love With A Boy", e sua fortuna é estimada em 9 milhões de libras (15 milhões de dólares).

Bradshaw e Liverpool se mantiveram em silêncio e apenas confirmaram suas identidades durante a audiência, disse a Press Association.

Eles terão de comparecer ao Tribunal de Exeter, no oeste da Inglaterra, em 1o de julho.

(Reportagem de Jonathan Gilbert)