Ator de "Jackass" estava bêbado quando morreu em batida de carro

quarta-feira, 22 de junho de 2011 20:33 BRT
 

Por Dave Warner

PHILADELPHIA (Reuters) - Ryan Dunn, ator do sucesso de bilheteria "Jackass", tinha um nível de álcool no sangue duas vezes acima do limite legal quando sofreu um acidente com seu Porsche em uma estrada, no qual morreram ele e um passageiro, informou a polícia na quarta-feira.

O carro esportivo estava a cerca de 225 quilômetros por hora quando aconteceu a batida, na madrugada de segunda-feira, em West Goshen, subúrbio de Philadelphia, de acordo com a polícia.

O nível de álcool no sangue de Dunn estava em 0,196, de acordo com exame toxicológico divulgado pelas autoridades. O limite legal no Estado da Pensilvânia é de 0,08.

Essa não era a primeira vez que o ator de 34 anos estava dirigindo sob efeito de álcool, segundo as autoridades. Em 2005 ele já tinha sido flagrado na mesma situação.

O médico Kendel Kidwell, chefe do serviço de emergências médicas do hospital Abington, disse que pessoas que não costumam beber muito seriam bastante afetadas com o nível alcoólico de 0,196. A pessoa teria a percepção sonora prejudicada, reflexos mais lentos, fala enrolada e incapacidade de concentração, segundo ele.

Quem tem o hábito de beber muito, no entanto, conseguiria "caminhar normalmente" e teria sintomas menores, disse. O relatório policial também disse que não foi detectado uso de drogas no corpo de Dunn.

Segundo a polícia, o carro de Dunn saiu da estrada e foi encontrado numa área arborizada totalmente em chamas.