Britânico Eddie Izzard pensa em lançar carreira política

sexta-feira, 24 de junho de 2011 18:45 BRT
 

Por Zorianna Kit

LOS ANGELES (Reuters) - Desde que se destacou nas fileiras dos comediantes britânicos, Eddie Izzard vem construindo uma carreira forte na televisão e em filmes de Hollywood. Seu especial cômico na HBO "Eddie Izzard: Dress to Kill" lhe valeu dois prêmios Emmy, e seus créditos no cinema incluem as duas sequências de "Onze Homens e Um Segredo".

Izzard, que tem 49 anos e é travesti, faz a voz de um dos personagens da animação "Carros 2", que estreia em cinemas do mundo todo no fim de semana. Ele conversou com a Reuters sobre seu papel no filme e seus planos para uma nova carreira -- na política.

Pergunta: Sir Axlerod (personagem de "Carros 2") é um ex-barão do petróleo que promove uma corrida para exibir seu novo combustível limpo. Você se identifica com ele?

Resposta: Meu pai trabalhou para uma empresa petrolífera, e eu gosto de negócios. Curto o varejo. Gosto de bons produtos e boas ideias, e foi por isso que me identifiquei com sir Miles Axlerod. Ele representa as empresas positivas, como Google e Apple, que tentam fazer algo diferente de maneira boa. Só que ele tem um viés interessante.

P- Você já teve sua própria série de TV, "The Riches", no canal a cabo FX, e no último ano apareceu no seriado "United States of Tara". Você tem outros planos na TV?

R- Estou desenvolvendo um drama político com a FX, vamos rodar um piloto. Há vários obstáculos a transpor antes de virar um seriado, mas sou um sujeito determinado. Sou um travesti que chegou até aqui.

P- Além do cinema, da TV e do humor, você tem outros planos profissionais de longo prazo?

R- O cinema é meu primeiro amor. Mas não vou voltar a fazer humor. E, daqui a nove anos, vou ingressar na política.   Continuação...

 
Ator britânico Eddie Izzard chega à pré-estreia do filme "Carros 1" em Hollywood, Califórnia, em 18 de junho de 2011. Izzard está considerando lançar uma carreira política. 18/06/2011 REUTERS/Gus Ruelas