Bolsa de Thatcher é vendida por US$40 mil em leilão

terça-feira, 28 de junho de 2011 09:51 BRT
 

LONDRES (Reuters Life!) - Uma bolsa que pertenceu à ex-premiê britânica Margaret Thatcher foi vendida por 25 mil libras (40 mil dólares) em um leilão beneficente na noite de segunda-feira, informou a casa de leilões Christie's.

O autor best-seller e ex-político do Partido Conservador Jeffrey Archer comandou o leilão numa sala de exibição da Christie's em Londres, em um evento que repassaria os lucros para entidades escolhidas por cada atleta, político ou músico que contribuiu com objetos.

O preço mais alto da noite foi pago pelo relógio do principal cronometrista que registrou a primeira milha de quatro minutos de Roger Bannister, em 1954.

Doado pelo próprio Archer, o cronômetro arrecadou 97.250 libras, que serão entregues ao Clube de Atletismo da Universidade de Oxford.

Archer disse, antes do leilão, esperar que a bolsa de Thatcher, que pertenceu à ex-premiê durante 30 anos, seria vendida por 100 mil libras, mas no final só conseguiu um quarto desse valor.

A bolsa foi fotografada com Thatcher ao lado do presidente norte-americano Ronald Reagan durante visita dela aos Estados Unidos, em 1985, e o dinheiro arrecadado será entregue às entidades Combat Stress, British Forces Foundation e Debra.

Uma guitarra Fender Telecaster autografada e doada por Eric Clapton foi vendida por 15 mil libras, e um pacote de luxo para acompanhar o próximo Grande Prêmio de Mônaco doado pelo magnata da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, arrecadou 34.850 libras.

As arrecadações totais atingiram 402.100 libras, menos que o valor antecipado por Archer.

Nesta terça-feira, Archer colocará à venda na Christie's parte de sua coleção de arte, incluindo uma pintura de 1878 de Claude Monet estimada em 1,2 a 1,7 milhão de libras.

(Reportagem de Mike Collett-White)