1 de Julho de 2011 / às 20:59 / 6 anos atrás

William e Kate são recebidos como astros pop no Canadá

Por Louise Egan

OTTAWA (Reuters) - A capital canadense ofereceu na sexta-feira uma recepção digna de astros pop ao príncipe William e à duquesa Kate, com uma gigantesca festa de rua para os recém-casados.

Cerca de 300 mil pessoas, muitas delas vestidas de vermelho e branco, as cores da bandeira canadense, lotaram a Colina do Parlamento para a festa de 144 anos da nação, e fizeram um grande alvoroço com a chegada dos possíveis futuros rei e rainha.

Para Geordie Secord, que passou horas sob o sol forte ao lado da esposa e das suas filhas adolescentes para garantir um lugar na primeira fila, o casamento do príncipe "criou um novo interesse pela monarquia, com certeza."

Em um palanque montado diante do prédio neogótico do Parlamento, o duque de Cambridge falou à multidão em um francês rudimentar e também em inglês. Foi interrompido por gritos da plateia sempre que citou a ex-esposa Kate.

Ele também transmitiu as saudações da sua avó, a rainha Elizabeth, que é a chefe de Estado do Canadá, e elogiou os militares do país por sua atuação no Afeganistão, em vias de terminar.

"O sacrifício dos canadenses tem sido universalmente reverenciado e respeitado. Jamais esqueceremos", disse ele.

Uma multidão muito menor participou das celebrações do Dia do Canadá no ano passado, com a presença da rainha, em uma visita muito mais protocolar.

William e Kate visitarão sete cidades em quatro províncias e um território como parte dos seus nove dias de visita ao país. Em 8 de julho, o casal segue para a Califórnia, nos Estados Unidos.

A agenda deles no Canadá é bastante informal e voltada para a juventude, num esforço dos organizadores de reavivar o sentimento monárquico no país, onde há uma grande ambivalência em relação à família real, segundo pesquisas.

Uma pesquisa divulgada nesta semana mostrou que dois terços dos canadenses consideram que William e Kate ajudarão a tornar a instituição mais relevante para o país.

Apesar disso, metade dos entrevistados acha que o Canadá deveria romper seus laços com a monarquia quando a rainha Elizabeth morrer, uma queda de 10 pontos percentuais em relação ao ano passado.

O sentimento antimonarquista é mais forte na província francófona do Québec, onde provavelmente haverá protestos no sábado contra a presença do casal.

Por outro lado, o glamour da realeza ainda é uma grande atração. Sarah MacGillivary, por exemplo, estava encantada com os trajes da duquesa -- vestido Reiss cor marfim, com babados na frente, além de um chapéu vermelho com detalhes em formato de folha de plátano (símbolo do Canadá) e sapatos vermelhos.

"Eu gosto do vestido", disse MacGillivary.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below