July 3, 2011 / 4:30 PM / 6 years ago

Turnê do Soundgarden revive glória da banda nos anos 90

3 Min, DE LEITURA

Por Dean Goodman

TORONTO (Reuters) - Mais de 14 anos após o fim do Soundgarden, os roqueiros de Seattle lançaram uma turnê juntos em Toronto neste sábado, levando 16 mil nostálgicos fãs de volta aos dias de glória do movimento grunge dos anos 90.

Os quatro integrantes tocaram 21 músicas em duas horas no Molson Amphitheatre, concentrando-se principalmente nas canções carregadas de riffs que os transformaram em "queridinhos" da

Mtv.

Em contraste com o tenso último show da turnê anterior, em 1997, a cena no palco parecia mais calma.

O vocalista e guitarrista Chris Cornell filmou a plateia, e seu filho pôde ser visto tocando "bateria imaginária" e cantando. Seus colegas, que tradicionalmente mantinham o rosto sem expressão, até se permitiram em sorrisos ocasionais, mas raramente interagiam uns com os outros.

Toronto foi a primeira parada de uma turnê com 20 datas e que acabará em 30 de julho no estado de Washington. A banda também deverá se apresentar em um festival em Nova Orleans, em 28 de outubro.

Além isso, a banda deve estar em segundo plano para o baterista Matt Cameron, que toca com o Pearl Jam, que vai fazer uma turnê pelo Canadá em setembro. Cornell vai passar grande parte de outubro em uma turnê solo na Nova Zelândia e na Austrália.

O Soundgarden também está trabalhando em uma sequência de seu último álbum de estúdio, "Down on the Upside," de 1996. Os planos são de lançamento no começo do próximo ano. Cornell afirmou que não havia espaço, no setlist, para apresentar qualquer nova canção.

O Soundgarden surgiu nos anos 80 em um cenário musical fértil em Seattle, que também produziu bandas como Nirvana, Alice in Chains e os futuros membros do Pearl Jam. A banda era ligada frequentemente ao Led Zeppelin no começo de sua carreira, conseguindo aprovação tanto de punks quanto de entusiastas do heavy metal.

O grupo entrou para a elite com o álbum "Superunknown," de 1994, que liderou as paradas com um setlist ao estilo MTV e que abocanhou dois Grammys. Nove das 15 músicas do álbum foram tocadas em Toronto, incluindo os hits "Black Hole Sun" e "Fell on Black Days."

Metade das 12 músicas do álbum antecessor, "Badmotorfinger," de 1991, também foram tocadas, incluindo "Rusty Cage".

Apenas duas músicas de "Down on the Upside" foram tocadas. O álbum foi o centro de uma rixa devido à direção musical. As crescentes tensões fizeram o Soundgarden acabar depois do final da turnê de 1997, no Havaí.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below