Jornal News of the World será fechado após grampos telefônicos

quinta-feira, 7 de julho de 2011 14:26 BRT
 

Por Kate Holton

LONDRES (Reuters) - A News Corporation, de Rupert Murdoch, vai fechar seu tablóide News of the World depois da edição deste domingo, em consequência de um escândalo crescente envolvendo grampeamento de telefones, disse James Murdoch na quinta-feira.

"O News of the World cobra responsabilidade de outros", disse o vice-diretor operacional da News Corporation aos profissionais do jornal, que existe há 168 anos.

"Ele fracassou quando se tratou dele próprio."

"As boas coisas que o News of the World faz foram maculadas por um comportamento errado. De fato, se as alegações recentes forem verdadeiras, foi um comportamento desumano e que não tem lugar em nossa empresa."

A News Corporation foi abalada na última semana por alegações de que seu tablóide dominical mais vendido grampeou os telefones de familiares de soldados britânicos mortos em ação, de crianças desaparecidas e das vítimas dos atentados a bomba de julho de 2005 em Londres.

Steven Barnett, professor de comunicações da Universidade Westminster, disse que ficou atônito com o anúncio.

"Foi uma opção nuclear", disse ele à Reuters. "Isso certamente vai aliviar o peso das alegações imediatas sobre comportamento jornalístico e grampeamento de telefones."

 
Chefe-executivo da News Corporation, Rupert Murdoch, no eG8 em Paris, em maio.  A News Corporation vai fechar seu tablóide News of the World depois da edição deste domingo, em consequência de um escândalo crescente envolvendo grampeamento de telefones, disse Murdoch nesta quinta-feira.
24/05/2011   REUTERS/Lionel Bonaventure