Fãs, astros e Hollywood dão adeus a Harry Potter

sexta-feira, 8 de julho de 2011 18:52 BRT
 

Por Mike Collett-White e Alysha Love

LONDRES (Reuters) - Milhares de fãs enfrentaram a chuva e restrições de segurança na Trafalgar Square, em Londres, para dar adeus nesta quinta-feira ao menino mago Harry Potter, na première mundial do último filme da série recordista de bilheteria.

"Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2" é o oitavo filme -- e o primeiro em 3D -- da franquia que gerou mais interesse do público e na mídia que qualquer outra na memória dos cinéfilos vivos.

Para o estúdio de Hollywood Warner Bros. a franquia vem sendo um baú do tesouro mágico. Juntos, os sete filmes lançados até agora geraram 6,4 bilhões de dólares em vendas de ingressos e outros bilhões em vendas de DVDs e produtos relacionados.

Os filmes ampliaram o mundo mágico criado pela autora britânica J.K. Rowling em sua saga de sete livros, que começou em 1997 e chegou ao fim em 2007.

Mais de 400 milhões de exemplares já foram vendidos em todo o mundo, fazendo de Rowling a primeira escritora bilionária e criando uma enorme base de fãs também para os filmes.

Cercas de seis metros de altura em torno de Trafalgar Square fecharam a entrada para as centenas de fãs que chegaram tarde demais para conseguir as pulseiras vermelhas que davam acesso à praça, onde os astros dos filmes começaram a percorrer o tapete vermelho em meio a milhares de "pottermaníacos" em delírio.

Fãs inveterados, alguns fantasiados como alunos da fictícia Escola Hogwarts de Magia e Bruxaria, estavam acampados no local desde a segunda-feira para conseguir ver os astros na première oficial mundial do filme.

"Crescemos na geração Harry Potter", disse Rhys, de 18 anos, que enfrentou a chuva na Trafalgar Square na quinta-feira. "Eu li o primeiro livro quando tinha 5 anos, de modo que é estranho que esteja chegando ao fim. É como o fim da infância."   Continuação...

 
A atriz Emma Watson posa ao lado dos colegas Daniel Radcliffe (D) e Rupert Grint (E) antes da divulgação mundial, em Londres, do último filme de "Harry Potter". 07/07/2011 REUTERS/Dylan Martinez