Após astros e miséria, Kate e William deixam a Califórnia

segunda-feira, 11 de julho de 2011 16:52 BRT
 

Por Jill Serjeant e Alex Dobuzinskis

LOS ANGELES (Reuters) - O príncipe William, da Grã-Bretanha, e sua esposa, Kate, encerraram no domingo a sua estadia na Califórnia, depois de testemunharem a pobreza das ruas e o poder de Hollywood.

Em sua primeira visita aos EUA desde o casamento, em abril, o casal real priorizou mais a caridade e os negócios do que o contato com as celebridades. Mas isso não significou que o brilho de Hollywood tenha estado ausente: durante os três dias em que permaneceram na Califórnia, o duque e a duquesa de Cambridge atraíram astros de cinema e executivos de estúdio para suas atividades beneficentes e para a conscientização quanto a suas causas.

A visita foi encerrada com um evento de apoio a famílias de militares nos estúdios da Sony, e com uma feira de empregos para veteranos. William disse que levará ideias similares para a Grã-Bretanha, onde trabalha como piloto da Força Aérea Real.

"Estou contente, portanto, que nossa Fundação - e nisso incluo Harry, meu irmão, que voa baixo com um Apache - seja uma parceira no evento de hoje", disse William, em tom de brincadeira, à plateia. "Temos muito a aprender com vocês."

Horas antes, e fora dos holofotes da mídia, o casal real fez uma visita à decadente área de Skid Row, no centro de Los Angeles, onde há uma grande presença de moradores de rua e, mais recentemente, de mães solteiras por causa da recessão.

A visita foi incluída na agenda de última hora, e serviu como preparação para uma passagem por um centro artístico comunitário voltado para crianças que vivem na região do Skid Row.

Foi também um forte contraste com os luxuosos eventos de sábado -- um jogo beneficente de polo na litorânea Santa Barbara e um jantar de gala com a "nobreza" de Hollywood, com a presença de nomes como Tom Hanks, Nicole Kidman e Barbra Streisand. William, na qualidade de presidente da Academia Britânica de Cinema e Televisão, pediu a Hollywood que dê mais oportunidades para os novos artistas britânicos.

Mesmo com a ênfase no trabalho e nos negócios, William e Kate levaram para todo lado um glamour que nem Hollywood consegue imitar.

No centro artístico comunitário, Kate, vestindo uma blusa com motivos navais e uma saia branca xadrez, da rede britânica de varejo Whistles, colocou um jaleco e pintou um caracol junto com as crianças. William, sem jaleco, pareceu pintar algo mais animado. O casal aproveitou para demonstrar descontração diante da plateia.

"William, você sabe o que está fazendo? Comece do centro", disse Kate. Ele seguiu a orientação e voltou para a sua tela.

 
A princesa Kate, duquesa de Cambridge, conversa com o menino Fernando Osuna num centro de artes para crianças carentes numa região pobre de Los Angeles. 10/07/2011 REUTERS/John Stillwell/Pool