News Corp retira oferta de US$ 12 bi por participação na Sky

quarta-feira, 13 de julho de 2011 12:38 BRT
 

Por Kate Holton e Georgina Prodhan

LONDRES (Reuters) - A News Corp retirou, nesta quarta-feira, sua oferta de 12 bilhões de dólares pela aquisição dos 61 por cento do grupo de TV por assinatura BSkyB que a companhia ainda não detém.

A desistência acontece depois que o governo britânico se voltou contra Rupert Murdoch devido a um escândalo relacionado a escutas telefônicas.

O Parlamento britânico estava se preparando para votar durante o dia uma resolução não compulsória para que Murdoch abandonasse a oferta, depois que emergiram alegações de que funcionários de um jornal britânico da News Corp, o News of the World, contraram a instalação de escutas nos celulares de uma menina vítima de homicídio e de soldados mortos em combate, em busca de material para reportagens.

"Acreditamos que a proposta de aquisição da BSkyB pela News Corporation beneficiaria ambas as empresas, mas se tornou claro que é difícil demais levá-la adiante no clima atual", disse Chase Carey, vice-presidente do conselho, presidente e vice-presidente de operações da News Corp.

"A News Corporation mantém seus compromissos como acionista de longa data da BSkyB", ele afirmou, em referência à participação de 39 por cento detida pela empresa.

Analistas disseram que não estar surpresos quanto à decisão de não prosseguir com o acordo.

"Creio que diante de tamanha desaprovação política, teria sido insensato levar a proposta adiante no momento atual", disse Steve Malcolm, analista da Evolution.

"Acredito que eles tenham que ver a conclusão da investigação sobre escutas telefônicas e das revisões judiciais, determinar que consequências elas trazem, e então se refazer. Caso ao final disso tudo estejam em situação de voltar a considerar a proposta, ótimo; mas no momento seria fútil tentar mantê-la, dadas as objeções e a desaprovação dos políticos e do público", disse.