Herdeira da F1 compra mansão de US$85 milhões em Hollywood

sexta-feira, 15 de julho de 2011 16:44 BRT
 

NOVA YORK (Reuters Life!) - A herdeira britânica Petra Ecclestone, filha do bilionário executivo-chefe da Fórmula 1 Bernie Ecclestone, comprou uma mansão em Los Angeles por 85 milhões de dólares, valor recorde para uma residência no sul da Califórnia.

O contrato de venda da casa que foi de Candy Spelling, viúva do produtor de televisão Aaron Spelling, foi finalizado na quinta-feira.

Spelling vendeu a mansão enorme de cem cômodos depois de a casa ter ficado no mercado por mais de dois anos, oferecida por até 150 milhões de dólares.

A imobiliária Hilton & Hyland, que cuidou da venda, descreveu a mansão como "a joia da coroa de um bairro de altíssimo padrão no sul da Califórnia".

Quando foi construída, em 1991, na área exclusiva de Holsmby Hills, a mansão lançou novos padrões de opulência. Equipada com pista de boliche, salão de beleza e sala para corte de flores, a residência conhecida como "The Manor" atraiu atenção pública, e em alguns casos repúdio, por sua extravagância.

Os Spelling construíram a mansão depois de demolirem a antiga residência do cantor e ator Bing Crosby, que ocupava o terreno.

Petra Ecclestone, de 22 anos, pretende se casar em breve e vai usar a casa como sua residência em temo parcial.

Aaron Spelling, que morreu em 2006, foi produtor de filmes e seriados de enorme sucesso nos anos 1970 e 1980, como "As Panteras", "Dinastia", "O Barco do Amor" e "Barrados no Baile".

(Reportagem de Chris Michaud)

 
Mansão em Los Angeles comprada por Petra Ecclestone, filha do bilionário executivo-chefe da Fórmula 1 Bernie Ecclestone, por 85 milhões de dólares. REUTERS/Reuters TV