Último "Harry Potter" bate recorde de bilheteria nos EUA/Canadá

sábado, 16 de julho de 2011 16:43 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - Em seu primeiro dia de exibição, o oitavo e último filme da série "Harry Potter" arrecadou 92,1 milhões de dólares em ingressos nos Estados Unidos e no Canadá, estabelecendo um novo recorde para vendas em um único dia, de acordo com estimativas divulgadas neste sábado pelo estúdio que o produziu.

"Harry Potter e as Relíquias da Morte -- Parte 2" suplantou o recorde de 2009 nos EUA e Canadá, quando "A Saga Crepúsculo: Lua Nova" arrebatou 72,7 milhões de dólares num único dia nos cinemas, disse Paul Dergarabedian, diretor da empresa de levantamento de bilheterias Hollywood.com Box Office.

"Chegar perto de 100 milhões de dólares num único dia já é algo sem precedentes", afirmou Dergarabedian.

Os observadores do mercado hollyoodiano estão atribuindo o elevado interesse pelo filme da Time Warner Inc's, unidade da Warner Bros, a fortes avaliações dos críticos e ao fato de este ser ao mesmo tempo o último da série Harry Potter e o único a ser lançado em 3D.

"Este será o primeiro filme Harry Potter a arrecadar mais de 1 bilhão de dólares nas bilheterias no mundo todo", disse Dergarabedian.

"Harry Potter", que já é a maior franquia do cinema em todos os tempos, tendo vendido em todo o mundo mais de 6,4 bilhões de dólares em ingressos, se baseia nos livros da escritora britânica J.K. Rowling e tem como tema as aventuras de um jovem mago e seus amigos, e sua batalha contra o mal.

O valor recorde de 92,1 milhões de dólares nos EUA e Canadá foi obtido com a venda de ingressos em 4.300 cinemas, incluindo exibições à meia-noite que se estenderam pelas primeiras horas da madrugada de sexta-feira -- as quais também bateram um recorde, ao arrecadar 43,5 milhões de dólares.

Fora dos EUA e Canadá, o filme arrecadou cerca de 75 milhões de dólares em 59 países, segundo funcionários da Warner Bros.

"Harry Potter" também bateu o recorde de vendas no Reino Unido na sexta-feira, com o valor de 9,3 milhões de libras (14,8 milhões de dólares), informou o estúdio.

(Reportagem de Alex Dobuzinskis)