Canal dos EUA vai exibir documentário com McCartney sobre o 11/9

terça-feira, 19 de julho de 2011 19:14 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - Um documentário sobre as experiências de Paul McCartney em Nova York imediatamente depois dos atentados de 11 de setembro de 2001 vai estrear por ocasião do décimo aniversário do ataque, disse o canal pago norte-americano Showtime na terça-feira.

"The Love We Make" (O Amor que Nós Fazemos) narra a jornada pessoal do ex-Beatle pela devastada Nova York em 2001, e os preparativos para um show beneficente que aconteceu seis semanas depois do atentado.

Na manhã de 11 de setembro de 2001, McCartney estava dentro de um avião que teve sua decolagem abortada em Nova York por causa do ataque com jatos comerciais sequestrados contra as torres gêmeas do World Trade Center. Ele voltou à cidade e mais tarde ajudou a organizar o show intitulado "Concerto para a Cidade de Nova York."

O filme, em branco e preto, contém cenas de McCartney ensaiando para o show, conversando com nova-iorquinos nas ruas e se encontrando, nos bastidores, com David Bowie, Mick Jagger, Bill Clinton, Leonardo DiCaprio e outros.

"Houve tanto sofrimento como resultado do 11 de Setembro que é difícil imaginar como seria possível trazer alívio para aqueles que foram impactados pelo ataque, e honrar aqueles bombeiros, policiais e equipes de resgate que perderam suas vidas na sua heroica tentativa de ajudar os outros. Mas Paul tinha a resposta: a música e um filme que contassem toda a história", disse o diretor do documentário, Albert Maysles.

"The Love We Make", título que evoca a canção "The End", gravada pelos Beatles em 1969, será exibido em 10 de setembro pelo canal Showtime. Será um dos vários especiais de TV e livros lançados por ocasião do décimo aniversário do atentado.

Maysles é um dos documentaristas pioneiros dos Estados Unidos, e faz filmes de não-ficção desde a década de 1960 -- o que inclui "Gimme Shelter", sobre a turnê dos Rolling Stones em 1969, e "Grey Gardens", de 1975, que virou peça da Broadway e filme de ficção. Seu irmão e parceiro David Maysles morreu em 1987.

(Reportagem de Jill Serjeant)