Timberlake e Gaga: Hollywood investe nas novas mídias

terça-feira, 26 de julho de 2011 12:07 BRT
 

Por Mary Slosson

LOS ANGELES (Reuters) - Quando você pensa em Bono ou Lady Gaga, o termo "empreendedor do Vale do Silício" não é a primeira coisa que vem à cabeça.

Por enquanto, pelo menos. O vocalista do U2 e a estrela do pop se unem a Justin Timberlake e Ashton Kutcher na crescente lista de celebridades que, ao invés de usar a fama para vender produtos de consumo, estão participando cada vez mais de investimentos de alta tecnologia.

Hollywood sempre teve um certo fascínio pela elite rica, desde os banqueiros de Wall Street aos xeques do Oriente Médio. Agora, parece que Hollywood está retribuindo o favor e se interessando pela sua própria alocação de recursos financeiros.

Timberlake surpreendeu o público no final de junho quando comprou uma participação na rede social Myspace, atualmente em decadência, junto com a empresa de propaganda digital Specific Media. O ator e cantor terá papel crucial na revitalização da empresa.

"Vivemos em um mundo de marcas", disse Howard Bragman, executivo de relações públicas e fundador da agência de mídia estratégica Fifteen Minutes. "Uma série de celebridades espertas e seus representantes perceberam que todas as áreas onde eles podem usar suas habilidades de marketing são oportunidades financeiras."

Celebridades astutas estão tentando fundir o entretenimento e as redes sociais, reduzindo a distância entre o artista e seus fãs. Isso pode ser a chave para o sucesso no futuro, disse Bragman.

Lady Gaga -- talvez a estrela mais vista nas redes sociais -- se aliou ao Tomorrow Ventures, do presidente-executivo do Google, Eric Schmidt, para investir no Backplane, uma rede social que será lançada na última semana de agosto. O projeto já arrecadou 1 milhão de dólares em investimentos.

"A aposta de Timberlake no Myspace é arriscada, mas indica o reconhecimento de que comprar empresas de entretenimento hoje em dia significa comprar nas novas mídias, não nas velhas mídias", disse Johanna Blakley, diretora do Centro Norman Lear, da Universidade da Califórnia do Sul.

 
Lady Gaga durante coletiva de imprensa em Taipei, no Taiwan. O vocalista do U2 e a estrela do pop se unem a Justin Timberlake e Ashton Kutcher na crescente lista de celebridades que, ao invés de usar a fama para vender produtos de consumo, estão participando cada vez mais de investimentos de alta tecnologia. 04/07/2011   REUTERS/Nicky Loh