Família se despede de Amy Winehouse, seu "anjo"

terça-feira, 26 de julho de 2011 15:29 BRT
 

Por Clare Kane

LONDRES (Reuters) - A família de Amy Winehouse se reuniu na terça-feira em um cemitério da zona norte de Londres para despedir-se de seu "anjo", três dias depois de a cantora problemática ter sido encontrada morta em sua casa.

Cerca de cem pessoas, entre as quais Mark Ronson, o produtor de Winehouse, e Kelly Osbourne, assistiram ao funeral tradicional judaico que foi concluído com o pai de Amy, Mitch, dizendo "boa noite, meu anjo, durma bem; Papai e Mamãe te amam muito".

Um porta-voz da família disse que "So Far Away", de Carole King, foi tocado no final da cerimônia. "You've Got a Friend", de King, foi a primeira canção que Winehouse e seu pai cantaram juntos.

Na cerimônia, que foi restrita a familiares e amigos, Mitch Winehouse disse que, nos últimos meses, sua filha de 27 anos estava mais feliz do que tinha estado em anos e que previa um futuro com o diretor de cinema Reg Traviss, 35, seu namorado havia dois anos.

Mais cedo, Traviss negou que Amy Winehouse tenha morrido em um estupor movido a drogas.

"Ela estava cheia de vida e muito otimista recentemente, fazendo exercícios todos os dias e fazendo ioga", ele disse ao jornal The Sun. "Esta coisa terrível que aconteceu é como um acidente."

Um inquérito para apurar as causas da morte de Winehouse foi aberto na segunda-feira e adiado até outubro. A polícia descreveu a morte como sendo inexplicada, e uma autópsia não teria determinado a causa. Estão sendo realizados mais exames médicos, cujos resultados são aguardados para agosto.

As homenagens à cantora de "Back to Black" continuaram a chegar. Nos últimos anos seu talento perdeu destaque para sua luta contra as drogas e o álcool, e suas aparições mais recentes sobre o palco foram ironizadas.   Continuação...

 
A cantora Kelly Osbourne (direita) sai de cemitério no norte de Londres após o funeral tradicional judaico de Amy Winehouse. 26/07/2011 REUTERS/Stefan Wermuth