Jill Scott continua em choque com "Light of the Sun" em 1o lugar

sexta-feira, 29 de julho de 2011 20:24 BRT
 

Por Sabrina Ford

NOVA YORK (Reuters) - Seis semanas já se passaram desde que a cantora de R&B Jill Scott chegou ao primeiro lugar nas paradas de álbuns com "Light of the Sun", e ela ainda está sem entender como isso aconteceu.

Pode até soar estranho, vindo de uma cantora natural de Filadélfia cujo álbum de estreia, "Who is Jill Scott? Words and Sounds Vol. 1", foi lançado 11 anos atrás. Desde então ela já gravou mais música e tornou-se uma atriz respeitada, com atuações em filmes como "Hounddog" e "Por Que Eu Me Casei?", além de ter participado do seriado de TV da HBO "No. 1 Ladies' Detective Agency."

Mas, para "Light of the Sun", Scott tomou um rumo novo em sua carreira de cantora. Ela se aventurou no hip-hop, e esse caminho, até então menos escolhido, mostrou ser um rumo acertado. A cantora iniciou esta semana, em Boston, sua turnê Summer Block Party, que a levará a 18 cidades, e fez uma escala em Nova York na noite de quinta-feira.

"Ainda não consigo acreditar. Tenho uma cópia (da parada de álbuns da Billboard), mas mesmo assim não consigo acreditar", disse ela à Reuters, falando do sucesso de "Light of the Sun".

"Alguém me mandou uma mensagem de texto dizendo 'parabéns pelo álbum número 1', e pensei que estivessem falando da parada de R&B. Fiquei realmente feliz com isso. Então descobri que meu disco era o álbum número 1 do país. É uma coisa difícil de conceber", disse Scott.

"Light of the Sun" também assinala outros marcos importantes para a cantora. O disco foi seu primeiro trabalho desde sua separação da gravadora Hidden Beach Recordings, no ano passado, e é o projeto inaugural de seu selo Blues Babe, em colaboração com a Warner Bros. Records.

No novo álbum, as canções clássicas de rap que ela cresceu ouvindo e os sucessos atuais que ela ouve hoje a influenciaram fortemente, disse Scott, cujo estilo musical vem sendo uma fusão de soul, jazz e R&B.