Juíza prorroga restrição a homem que perseguia Halle Berry

segunda-feira, 1 de agosto de 2011 19:03 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - Uma juíza de Los Angeles prorrogou na segunda-feira por três anos a medida que obriga Richard Franco a manter uma distância de cem jardas (91,4 metros) da atriz Halle Berry e da filha dela.

Franco, 27 anos, foi preso no mês passado na casa da atriz em Hollywood, depois de pular uma cerca. Em 12 de julho, ele já havia sido provisoriamente proibido de se aproximar dela.

Nem Berry nem Franco estavam presentes na audiência de segunda-feira. Mas Berry, de 44 anos, informou à Justiça que o homem já havia entrado no jardim da casa dela em várias ocasiões, e que numa delas tentou perseguir a atriz até a cozinha da residência.

(Reportagem de R.T. Watson)

 
A atriz Halle Berry chega a um evento em Beverly Hills, nos Estados Unidos, em dezembro. 07/12/2010 REUTERS/Fred Prouser