Rapper Lil Wayne é processado em US$15 mi por música "BedRock"

sexta-feira, 5 de agosto de 2011 08:24 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - O rapper Lil Wayne foi surpreendido com um processo de 15 milhões de dólares de uma empresa na Georgia que alega que ele roubou a música "BedRock".

De acordo com o processo aberto em Nova York, a produtora Done Deal Enterprises acusa o rapper, cujo verdadeiro nome é Dwayne Carter, de infringir as regras de copyright na música, que a Done Deal alega ter criado em 2009.

O processo, aberto no Tribunal Distrital dos EUA no Distrito Sul de Nova York, em 29 de julho, também inclui o Universal Music Group, a Cash Money Records e a Young Money Entertainment como réus.

A música "BedRock" conta com participação dos cantores Drake, Nicki Minaj e Lloyd, e alcançou a segunda posição nas paradas da Billboard em 2010.

Lil Wayne, que saiu da prisão em novembro do ano passado após ter cumprido pena por acusação de posse de arma, foi convocado a aparecer perante o tribunal em 12 de outubro.

(Reportagem de Carly Mayberry)