Filme de Bollywood sobre "os intocáveis" gera controvérsia

quinta-feira, 11 de agosto de 2011 11:52 BRT
 

Por Annie Banerji

NOVA DÉLHI, 11 de agosto (Reuters Life!) - Um filme indiano sobre a discriminação contra "os intocáveis" tem sido alvo de controvérsias, e protestos realizados por grupos de castas obrigaram os produtores a remover partes do filme, ressaltando as profundas tensões sociais existentes na nova potência econômica.

"Aarakshan", que significa reserva, explora as cotas para as castas mais baixas nas instituições públicas e educacionais, ação afirmativa que as castas mais altas, geralmente os indianos mais ricos, consideram uma iniciativa que está roubando as vagas em empregos e universidades.

O filme, estrelando os astros de Bollywood Amitabh Bachchan e Saif Ali Khan, retrata a vida de um professor idealista que acredita que as cotas têm como objetivo oferecer oportunidades aos setores mais fracos da sociedade para ajudá-los a ter sucesso com seus próprios méritos.

Mas muitos grupos de castas reclamaram que o filme os retratava sob um ponto de vista negativo por conta de algumas cenas em que os personagens dizem que os intocáveis, conhecidos como "Dalits", são sujos e servem para engraxar sapatos dos socialmente superiores.

Por trás da modernização e do crescente cosmopolitismo da Índia, movidos pelo acelerado crescimento econômico, a casta é uma presença constante, influenciando desde a escolha de governos até negando o acesso a serviços básicos como água e educação.

"Enquanto o tema geral do filme não é contestável, está carregado de diálogos anti-Dalit e anti-cotas", disse P.L. Punia, presidente da comissão nacional para castas e tribos da mídia local.

"Aarakshan fracassou. Provavelmente irá criar uma tensão na comunidade", acrescentou.

Depois de ameaças de protestos em Mumbai e a proibição do filme em dois estados, Punjab e Uttar Pradesh, o diretor Prakash Jha concordou em alterar o filme para sua estreia em 12 de agosto.   Continuação...