Chegam a Cuba primeiros turistas dos EUA após alívio no embargo

quarta-feira, 17 de agosto de 2011 10:46 BRT
 

Por Jeff Franks

HAVANA (Reuters) - O primeiro grupo de norte-americanos a fazer turismo em Cuba sob as novas, e mais liberais, regras dos Estados Unidos para viagens ao país foi recebido com abraços, apertos de mão e boas-vindas do governo cubano, segundo um agente de viagens.

Os 30 viajantes são pioneiros da nova era de intercâmbio "de povo a povo", aprovada em janeiro pelo governo de Barack Obama para "ampliar o livre fluxo de informação" aos cubanos, contrariando as objeções dos que eram favoráveis à manutenção da política linha-dura contra o regime comunista da ilha.

Estima-se que entre 30 e 35 grupos tenham obtido até o momento licenças de viagem, em conformidade com a nova legislação, que reintroduziu normas baixadas pelo ex-presidente Bill Clinton em 1999, mas revogadas por seu sucessor, George W. Bush, em 2003.

O primeiro grupo de viajantes foi a orfanatos, instalações médicas, museus de arte, apresentações musicais e fazendas de cultivo de tabaco. Eles também andaram pelas ruas da Velha Havana, na primeira prova do fruto proibido que Cuba tem sido há cinco décadas para os Estados Unidos, desde a imposição de um embargo comercial contra a ilha.

As reações foram bastante variadas, segundo Tom Popper, da Insight Cuba, a agência de viagens que levou o grupo.

"Algumas pessoas estão impressionadas pelo que veem e surpresas com o povo, a cultura e tudo ao redor", disse ele esta semana à Reuters. "E algumas se sentem horríveis por ver que conseguir café é uma luta, e encontrar coisas para comer é difícil, e que há duas economias, e um médico precisa trabalhar como taxista para complementar sua renda", comentou Popper.

Ele descreveu uma emotiva visita a uma unidade para cegos, onde 40 pessoas aguardavam o grupo e aplaudiram quando chegaram.

"Eles fizeram uma apresentação, dois deles tocaram, eles dançaram juntos", contou Popper. "As pessoas se abraçaram. Houve muitas lágrimas. Foi simplesmente lindo."   Continuação...