Polícia britânica prende repórter de Hollywood por escuta ilegal

quinta-feira, 18 de agosto de 2011 11:34 BRT
 

LONDRES (Reuters) - A polícia britânica que investiga um escândalo de escutas ilegais do extinto tabloide News of the World, do magnata Rupert Murdoch, prendeu um importante repórter do jornal que cobria Hollywood, James Desborough, disse uma fonte próxima à investigação.

A polícia disse que prendeu um homem de 38 anos, suspeito de conspirar para interceptar comunicações, depois de ele se apresentar a uma delegacia no sul de Londres na manhã de quinta-feira, com hora marcada.

Desborough entrou para o News of the World em 2005 como repórter de showbusiness e geral, e foi promovido a editor nos Estados Unidos, com base em Los Angeles, em 2009. Ele trabalhava para o tabloide de Murdoch até o fechamento deste no mês passado.

O site do jornal The Guardian disse que as alegações estavam possivelmente relacionadas aos eventos antes de Desborough ter sido enviado para os Estados Unidos.

Agências americanas estão investigando se as atividades de escutas ilegais de telefone do News of the World se estenderam para os Estados Unidos. Até agora não encontraram evidências de que isso tenha ocorrido.

Essa é a 13a prisão este ano em um inquérito que abalou a empresa do News of the World, a News Corp., de Murdoch, e teve implicações para o establishment britânico.

Uma porta-voz do ramo de jornais britânicos da News Corp., a News International, disse que a empresa estava cooperando totalmente com a polícia e que não poderia fazer mais comentários por causa da investigação policial.

(Reportagem de Stephen Addison e Georgina Prodham) )