Após 2010 fraco, Veneza volta a ter filmes e astros de destaque

sexta-feira, 26 de agosto de 2011 09:24 BRT
 

Por Mike Collett-White

LONDRES (Reuters) - O Festival de Cinema de Veneza decidiu neste ano ignorar seus custos elevados e a concorrência de Toronto, preparando uma programação com títulos muito aguardados e vários astros de Hollywood.

George Clooney, "habitué" na ilha do Lido, sede do festival mais antigo do mundo, abre na quarta-feira o evento de 11 dias com "The Ides of March", drama político dirigido e protagonizado por ele.

O elenco inclui também Ryan Gosling e Philip Seymour Hoffman, parte de uma lista de convidados ilustres da qual constam também Colin Firth, Keira Knightley, Matthew McConaughey, Kate Winslet, Matt Damon, Jude Law, Gwyneth Paltrow e Madonna.

"Não me lembro de uma vez em que tanta gente tenha ficado tão animada com a programação, e isso é geral", disse Jay Weissberg, crítico da revista Variety e frequentador do festival italiano.

"Há um bom contingente de Hollywood que é composto por diretores e astros como Clooney, que têm apelo junto a uma gama muito ampla de pessoas envolvidas no festival e do público em geral", afirmou. "Mas é mais do que apenas Hollywood."

Cineastas do mundo todo estarão na cidade dos canais entre 31 de agosto e 10 de setembro, mostrando seus filmes, participando de eventos de divulgação e frequentando festas.

"Blockbusters" raramente têm vez aqui. Mas os espaços na programação de Veneza são cobiçados por produções norte-americanas de baixo orçamento, devido à exposição que o festival oferece e por ser uma espécie de lançamento extra-oficial da temporada anual de prêmios, que culmina no Oscar.

Veneza coincide parcialmente com o Festival de Toronto, visto por Hollywood como uma opção mais barata, e com vários filmes em comum. Mas o diretor do evento veneziano, Marco Mueller, desta vez montou uma programação que deve ofuscar a edição de 2010, preocupantemente discreta.

Entre os títulos mais aguardados está "O Espião que Sabia Demais", adaptação de uma obra de John Le Carré pelo sueco Tomas Alfredson, com Colin Firth, Gary Oldman e John Hurt.

Outros filmes entre os 22 títulos da competição oficial incluem uma versão da britânica Andrea Arnold para "O Morro dos Ventos Uivantes", de Emily Brontë; "Texas Killing Fields", do norte-americano Ami Canaan; e "Killer Joe", de William Friedkin.