Artista chinês Ai Weiwei faz sucesso em Los Angeles

sexta-feira, 2 de setembro de 2011 20:13 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - O artista e dissidente chinês Ai Weiwei está submetido a fortes restrições em Pequim desde que foi libertado da prisão neste ano, mas isso não impede que seu trabalho obtenha enorme repercussão na segunda maior cidade dos EUA.

Sua instalação itinerante "Círculos de Animais/Cabeças do Zodíaco" foi inaugurada há duas semanas no Museu de Arte do Condado de Los Angeles, apresentando ao público o trabalho de um homem que, até recentemente, só era conhecido por causa das notícias sobre sua recente detenção na China.

O trabalho inclui 12 enormes cabeças de bronze, com quase 400 quilos cada uma, representando animais do horóscopo chinês. As peças estão expostas na ensolarada Piazza Norte do museu, e as pessoas podem circular em meio a elas, tirando fotos e tocando-as.

"Acho que ele está questionando todo mundo, toda a ideia de posse, de permissão cultural e de nacionalismo", disse à Reuters Franklin Sirmans, curador do museu.

"Você vê criancinhas subindo (na instalação) e interagindo com ela de uma forma que não é necessariamente a mesma coisa em que você ou eu poderíamos estar interessados. É claro que há muitas outras camadas que vêm à mente quando você sabe mais sobre a história por trás dos objetos."

A instalação se baseia em uma série de esculturas feitas no século 18 pelo artista milanês Giuseppe Castiglione, que foi pintor da corte do imperador Kangxi, da dinastia Ching. As estátuas originais adornavam o entorno de uma fonte no jardim Yuanming Yuan, nos arredores de Pequim.

(Por Jordan Riefe)