Carla Bruni diz que irá manter seu bebê fora dos holofotes

domingo, 4 de setembro de 2011 17:13 BRT
 

PARIS (Reuters) - A primeira dama francesa Carla Bruni disse neste domingo que manterá o bebê que espera com o presidente Nicolas Sarkozy estritamente fora de vista e que não vai permitir que fotografias sejam mostradas publicamente.

Bruni, que deve dar à luz no outono boreal, disse não saber se está esperando um menino ou uma menina, mas que seu objetivo principal é proteger a criança dos holofotes.

"Você não tem um filho para a galeria", disse Bruni em entrevista à televisão TF1.

"Eu entendo o interesse da mídia (mas) para a criança não é possível. Eu vou fazer de tudo para proteger essa criança e serei absolutamente rigorosa. Eu nunca vou mostrar fotos dessa criança, eu nunca vou expor essa criança", disse.

As observações de Bruni sugerem que Sarkozy vai se esquivar de usar revistas para polir sua imagem de homem de família no final deste ano, quando irá anunciar uma corrida altamente esperada pelo segundo mandato nas eleições presidenciais de 2012.

Os conservadores esperam anunciar seus planos de reeleição no início de novembro, logo após a França chefiar o encontro do G20, em Cannes, perto do momento em que Bruni, ex-modelo, deve dar à luz.

Os baixos índices de popularidade de Sarkozy subiram durante o verão, com a publicação de fotos dele relaxando na praia com sua mulher grávida, que deram o contraste com seu rival Dominique Strauss-Kahn, que estava em Nova York lutando contra acusações de abuso sexual.

(Reportagem de Catherine Bremer)