Mulher diz a Gwyneth Paltrow que foi salva por ela no 11/09

segunda-feira, 5 de setembro de 2011 15:44 BRT
 

Por Mike Collett-White

VENEZA, Itália (Reuters) - A atriz Gwyneth Paltrow recebeu uma carta de uma mulher que acredita que a estrela de Hollywood salvou a vida dela sem saber no dia dos ataques em Nova York há quase 10 anos.

No momento em que os Estados Unidos se preparam para marcar o 10o aniversário dos ataques de 11 de Setembro, Paltrow disse à Reuters que ela esteve mais envolvida nos acontecimentos do que sabia.

"Basicamente, o que aconteceu é que eu tinha ido a uma aula de ioga muito cedo", disse a atriz em uma entrevista em Veneza para falar sobre seu mais recente filme, "Contágio".

O filme, dirigido por Steven Soderbergh, também tem no elenco Matt Damon, Marion Cotillard, Jude Law e Kate Winslet e conta a história de uma doença mortal que rapidamente se espalha pelo mundo causando pânico.

O longa faz uma análise de como os governos reagem a uma crise e parte dos temas tratados ecoa o que aconteceu depois dos ataques de 11/09 contra as torres gêmeas.

"Eu estava voltando para casa e era manhã de 11 de setembro -- não que eu soubesse naquela hora o que isso significava -- e uma garota estava atravessando a rua distraidamente e nós duas meio que paramos na mesma hora uma na frente da outra, e esperamos um longo tempo", afirmou Paltrow.

A atriz disse que ela e a mulher pararam e andaram por algum tempo e começaram a rir antes de a mulher por fim seguir seu caminho.

"Dez anos depois, recebi uma carta dela, dizendo que se atrasou para o trabalho e que, depois daquele encontro, ela desceu até a estação da Christopher Street para pegar o trem até o World Trade Center, onde trabalhava no 77o andar da Torre Sul". Quando chegou à estação, o trem havia acabado de sair.

"Então, se não tivéssemos tido aquela interação, ela acha que a vida dela teria tomado um rumo muito diferente."

"É uma história extraordinária e tudo o que pensei foi sobre todas as pessoas que tiveram experiências como essa naquele dia, mas não puderam entrar em contato porque não era uma pessoa conhecida", disse a atriz de 38 anos, ganhadora de um Oscar.

 
A atriz Gwyneth Paltrow posa durante sessão de fotos do filme "Contágio", no 68o Festival de Veneza. Paltrow recebeu uma carta de uma mulher que acredita que a estrela de Hollywood salvou a vida dela sem saber no dia dos ataques em Nova York há quase 10 anos. 03/09/2011 REUTERS/Alessandro Garofalo