September 7, 2011 / 8:28 PM / 6 years ago

Festival de Cinema de Londres enfatiza beleza e polêmica

3 Min, DE LEITURA

Por Alice Baghdjian

LONDRES (Reuters) - George Clooney, Ralph Fiennes e David Cronenberg irão desfilar no tapete vermelho do 55o Festival de Cinema de Londres do Instituto Britânico de Filmes (BFI, na sigla em inglês), que pretende apresentar uma variedade de grandes nomes e talentos emergentes, disseram os organizadores nesta quarta-feira.

A estreia europeia de "360", dirigido pelo brasileiro Fernando Meirelles com um elenco estelar que inclui Anthony Hopkins, Jude Law e Rachel Weisz, dará a largada ao festival de 16 dias em outubro, e "The Deep Blue Sea", também estrelando Weisz e dirigido por Terence Davies, irá encerrar a maior celebração cinematográfica britânica.

"Londres tem uma forte reputação como centro de criatividade e inovação na indústria do cinema, e estou especialmente contente por os filmes de grande visibilidade selecionados para as noites de abertura e encerramento terem sido filmados na capital com grandes talentos britânicos", disse o prefeito de Londres, Boris Johnson, em um comunicado.

Na esteira do Festival de Cinema de Veneza e do Festival Internacional de Cinema de Toronto, Londres enfrenta uma competição acirrada destes verdadeiros ímãs de grandes lançamentos.

Muitos dos maiores títulos do Festival de Londres, como o ansiosamente aguardado "The Ides of March", de George Clooney, já foram exibidos em Veneza, enquanto as películas de abertura e encerramento em Londres devem fazer sua estreia mundial.

Mas os organizadores sublinharam "a variedade e riqueza" da lista de exibições deste ano, que contará com 13 estreias mundiais, incluindo "Hut in the Woods" --novo filme do alemão Hans Weingartner.

"O festival apresentará um programa amplo dos melhores e mais significativos filmes, variando das narrativas belamente arquitetadas aos experimentos que rompem fronteiras, e esperamos ter encontrado riqueza e diversidade", disse a diretora artística do evento, Sandra Hebron.

A celebração também contemplará a herança cinematográfica. A Gala do Arquivo oferecerá aos amantes do cinema um retorno às raízes com uma exibição de rolos restaurados de arquivos de todo o mundo.

Nenhum país domina a lista, mas o contingente iraniano, com filmes novos de Mohammad Rasoulof e Morteza Farshbaf, recebe atenção especial.

Foi feita uma menção particular a Mojtaba Mirtahmasb, co-diretor iraniano de "This is not a film", cujo passaporte foi confiscado pelas autoridades iranianas a caminho de Toronto na terça-feira.

"Este incidente mostra que é mais importante do que nunca que os festivais de cinema e a comunidade cinematográfica apóiem artistas como ele", disse Hebron.

O 55o Festival de Cinema de Londres irá de 12 a 27 de outubro.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below