Charlie Sheen diz que sua vida está "mais calma"

quarta-feira, 14 de setembro de 2011 17:37 BRT
 

Por Piya Sinha-Roy

LOS ANGELES (Reuters) - O ator e autointitulado "bruxo" Charlie Sheen disse ao programa "Today", da NBC, que sua vida está "bem mais calma agora" depois de um ano turbulento, disse a emissora na quarta-feira.

O ator de 47 anos falou sobre o frenesi midiático em torno do seu comportamento errático dos últimos meses, resultado dos seus atritos com executivos da CBS e da Warner Bros, que o levaram a ser demitido da série "Two and a Half Men".

"Não sei realmente o que aconteceu. Foi uma dessas coisas onde os planetas estavam alinhados, perfeita ou imperfeitamente. Eu disse algumas coisas e aí a coisa pegou tamanha dimensão globalmente e instantaneamente que eu não consegui apagar o incêndio. Eu precisei continuar alimentando-o", disse Sheen na entrevista que vai ao ar na sexta-feira.

Sheen chegou a ser o ator mais bem pago da TV dos EUA com seu personagem mulherengo Charlie Harper em "Two and a Half Men". Meses atrás, ele caiu em desgraça depois de proferir insultos públicos contra Chuck Lorre, criador da série cômica de maior audiência no país.

Depois, ele divulgou na Internet vídeos em que falava do seu jeito "vencedor", se intitulava "bruxo" e se gabava de ter "sangue de tigre" nas veias.

Em 2009 e 2010, ele já havia se envolvido em vários incidentes que lhe causaram transtornos judiciais e o levaram a programas para dependentes de álcool e drogas.

Sheen admitiu ao entrevistador Matt Lauer que, se pudesse voltar no tempo, não teria falado no "sangue de tigre". "Foi muito idiota e as pessoas levaram muito a sério, e aí entendi que, certo, vou continuar dando às pessoas o que elas querem, sabe?"

(Reportagem de Piya Sinha-Roy)