16 de Setembro de 2011 / às 17:38 / 6 anos atrás

Começa em San Sebastián Festival de Cinema "muito espanhol"

Por Arantza Goyoaga

BILBAO (Reuters) - A 59a edição do Festival Internacional de Cinema de San Sebastián, que começa na sexta-feira, aposta este ano no cinema espanhol.

Será possível ver até 15 filmes locais entre 16 e 24 de setembro no evento anual que reúne o melhor do cinema mundial. O festival será inaugurado com "Intruders," do diretor Juan Carlos Fresnadillo.

A presença da atriz Glenn Close, que vai receber o prêmio Donostia, dará a nota de glamour a esta edição.

"Será um festival muito espanhol porque, embora haja uma oferta muito heterogênea, destaca, sobretudo, a presença do cinema de casa," disse à Reuters o diretor da competição, José Luis Rebordinos.

"No habrá paz para los malvados," um thriller de Enrique Urbuzi; "Los Pasos Dobles," o novo filme de Isaki Lacuesta; e "La voz dormida," de Benito Zambrano, são os três filmes espanhóis selecionados para disputar a Concha de Ouro.

Além disso, o cinema espanhol tem uma presença destacada na seção Zabaltegi com filmes como "Extraterrestre," de Nacho Vigalondo; "Madrid 1987," de David Trueba, ou a história dirigida por alunos da Escola de Cinema de Catalunha "Puzzled Love."

Mas nem tudo será espanhol, haverá a apresentação de grandes diretores do panorama internacional.

Durante o festival serão exibidos os últimos trabalhos de Terence Davies, Hirokazu Kore-Eda, Arturo Ripstein, Wang Xiaoshuai, Sarah Polley e Julie Delpy, que disputarão a Concha de Ouro e os troféus de prata para melhor diretor, melhor atriz e melhor ator.

Clive Owen e Carice Houten, que serão os primeiros convidados a andar no tapete vermelho na sexta-feira, são os protagonistas, junto com Daniel Brühl e Pilar López de Ayala, do thriller "Intruders," que abre a seção Oficial, embora não dispute o prêmio principal.

Pelo tapete abarrotado de flashes e de fãs passarão também atrizes emblemáticas como Catherine Deneuve e Anuk Aimeé, musas do diretor Jacques Demy e presentes em San Sebastián na homenagem que o festival fará ao cineasta francês, a quem dedica uma retrospectiva completa.

Michael Fassbender, recentemente premiado em Veneza, e Steve McQueen, respectivamente protagonista e diretor do filme "Shame," apresentarão sua obra na seção Zabaltegi-Perlas.

A noite de abertura, apresentada pelas atrizes Barbara Goenaga e Marta Etura, será especial pela incorporação de várias telas gigantes que permitirão ver os comentários que os fãs de cinema que não puderam assistir à cerimônia farão através do Facebook e Twitter.

O momento mais esperado será o domingo, com a chegada de Glenn Close a San Sebastián. Além de receber um prêmio pelo conjunto de sua carreira, a protagonista de "Ligações Perigosas" apresentará seu último filme, "Alberts Nobbs," do qual é produtora, roteirista e protagonista.

Rebordinos destacou também "a importante presença do cinema latino-americano," que pode ser vista na seção Horizontes Latinos e que inclui 13 filmes de Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, México e Uruguai.

$INS01; Line LNY Insave:- TI line name (Map report)

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below