Músico de blues Willie "Big Eyes" Smith morre aos 75

sexta-feira, 16 de setembro de 2011 19:30 BRT
 

CHICAGO (Reuters) - O músico de blues Willie "Big Eyes" Smith, que por muito tempo tocou ao lado de Muddy Waters, morreu na sexta-feira em Chicago, aos 75 anos, em decorrência de um derrame, segundo nota divulgada em seu site.

Não faz nem seis meses que o blues perdeu o mestre Joe Willie "Pinetop" Perkins, aos 97 anos, com quem Smith dividiu o prêmio Grammy deste ano pelo trabalho conjunto "Joined at the Hip", na categoria de melhor álbum de blues tradicional.

Nos bastidores da entrega do Grammy, Smith contou que conheceu Perkins ainda menino, e que ficou contente pelo sucesso da parceria. "Para dizer a verdade, sou no momento um dos homens mais felizes da Terra", disse ele no evento em fevereiro.

Embora o Grammy de 2011 tenha sido o seu primeiro, ele já acumulava uma longa carreira ao lado do falecido e legendário Muddy Waters.

Nascido em Helena (Arkansas) em 1936, Smith se mudou para Chicago aos 17 anos, quando ouviu Water tocar pela primeira vez. No começo da década de 60, entrou para a banda de Waters como baterista.

Em 1964, no entanto, guardou a bateria por um tempo e passou a viver de bicos, como o de taxista em Chicago, segundo a biografia no seu site. Voltou à banda de Waters em 1968, e tocou com ele ao longo de toda a década de 1970, período em que Waters ganhou seis Grammys.

Além da bateria, Smith também tocava gaita e cantava. Nos anos 1980, ele tocou na Legendary Blues Band, ao lado de Perkins, Louis Myers, Calvin Jones e Jerry Portnoy.