Audiência do Emmy cai e apresentadora Jane Lynch divide críticos

segunda-feira, 19 de setembro de 2011 19:25 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - A audiência do prêmio Emmy caiu 8 por cento em relação ao ano passado nos EUA, e pouco mais de 12 milhões de espectadores norte-americanos viram a polêmica atuação de Jane Lynch na condução do evento.

Segundo dados preliminares da empresa Nielsen, 12,4 milhões de pessoas sintonizaram na atração da Fox ao longo das suas três horas. No ano passado, quando foram 13,5 milhões de espectadores, a data da cerimônia foi alterada para evitar a concorrência do futebol americano.

Se os resultados preliminares se confirmarem, terá sido o Emmy menos visto dos últimos cinco anos. A menor audiência foi a de 2008 -- 12,2 milhões de espectadores. O Emmy é entregue pela Academia de Artes e Ciências Televisivas a programas e artistas de destaque no ano.

A escolha de Lynch como apresentadora dividiu as opiniões. O blogueiro James Poniewozik, da revista Time, disse que a atriz -- ganhadora do Emmy no ano passado pelo papel de uma temida técnica de "cheerleaders" em "Glee" -- cumpriu a contento sua tarefa, mas "só ocasionalmente teve um bom material com o qual trabalhar".

Já a publicação setorial Variety afirmou que Lynch se mostrou uma escolha inspirada por seus comentários improvisados e pelos esquetes pré-gravados com gozações aos principais astros e programas da TV dos EUA.

"Isso pode ser um pequeno consolo para a Fox numa noite em que seus programas não conseguiram uma só vitória, mas a rede sabe como fazer o diabo com um Prêmio Emmy", escreveu Andrew Wallenstein, na Variety.

"Mad Men" e "Modern Family" receberam novamente os principais prêmios para séries cômicas e dramáticas.

(Reportagem de Jill Serjeant)