Ellen DeGeneres passa bem após sentir dor no peito

terça-feira, 27 de setembro de 2011 19:19 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - A apresentadora de talk show Ellen DeGeneres chamou os paramédicos na segunda-feira depois de ter sentido dor e aperto no peito, mas brincou com o incidente afirmando ter um "coração de babuíno" e admitindo que não tinha certeza sobre o quê causou o desconforto.

"Tudo está bem. Eu não sei o que é isso, mas tudo bem", disse ela à sua plateia, horas após ter sido examinada. Os comentários foram gravados na segunda-feira e serão mostrados no programa "The Ellen DeGeneres Show" desta terça-feira.

Rumores sobre a saúde da comediante correram pela Internet na segunda-feira após o website de celebridades TMZ.com ter afirmado que paramédicos haviam sido chamados ao estúdio perto de Los Angeles onde Ellen grava o seu show depois que ela reclamou de dores no peito. Ela não foi hospitalizada.

Ellen, de 53 anos e uma das comediantes de stand-up e apresentadora mais populares da televisão norte-americana, disse que havia acordado no meio da noite.

"Eu estava sentindo como se fosse um aperto no peito e todas aquelas coisas assustadoras... como se tivesse algo pesado no peito e era um gato e eu o tirei. Eu ainda sentia o aperto e o peso, então havia outro gato embaixo daquele gato. Havia dois gatos no meu peito", contou ela à plateia.

"Então, eu vim trabalhar e aquilo ainda estava acontecendo. Eu ainda sentia as dores. Daí eu pensei, 'quer saber, eu devia checar isso'. É melhor prevenir do que remediar. Quem não quer ver um bombeiro ocasionalmente?", acrescentou.

Ellen disse que os paramédicos a bombardearam de perguntas e ela agradeceu "todos os paramédicos e enfermeiras que apareceram e todo mundo e o TMZ por se preocuparem tanto". "Deixe-me apenas dizer que estou bem", acrescentou.

(Reportagem de Jill Serjeant)

 
A apresentadora de talk show Ellen DeGeneres chega para a final da nona temporada do "American Idol", em Los Angeles, em maio de 2010. Ela chamou os paramédicos na segunda-feira depois de ter sentido dor e aperto no peito, mas brincou com o incidente afirmando ter um "coração de babuíno" e admitindo que não tinha certeza sobre o quê causou o desconforto. 26/05/2010 REUTERS/Mario Anzuoni