Sean Penn se junta a egípcios em protestos na Praça Tahrir

sexta-feira, 30 de setembro de 2011 18:22 BRT
 

Por Sami Aboudi

CAIRO (Reuters) - O ator norte-americano Sean Penn se juntou a milhares de egípcios que lotaram o centro do Cairo nesta sexta-feira para pedir que os líderes militares acelerem a transferência de poder para civis, e encerrem a lei de emergência usada por Hosni Mubarak contra seus oponentes.

A mídia local afirmou que o ator, carregando uma bandeira egípcia, caminhou com o ator egípcio Khaled el-Nabawi na Praça Tahrir, onde egípcios fizeram uma demonstração que eles apelidaram de "Reivindicando a Revolução" em meio ao crescente descontentamento sobre a maneira com que os líderes militares administram o período de transição.

"O mundo é inspirado pelo pedido de liberdade pela revolução corajosa do Egito por sua liberdade," comentou Penn, segundo a página do jornal Al-Ahram na Internet.

"Claramente isso não se completa do dia para a noite, ainda há obstáculos pela frente, há questões constitucionais, há... uma transição de poder dos militares para o povo," acrescentou.

Nabawi, por sua vez, disse que convidou Penn para visitar o Egito como parte dos esforços para demonstrar que o Egito era um local seguro para ser visitado apesar das revoltas.

O conselho militar já anunciou eleições parlamentares a partir de 28 de novembro, com um sistema misto de representação proporcional e listas individuais. Boa parte dos grupos políticos teme que o sistema permitirá que apoiadores de Mubarak voltem ao poder.

 
O ator norte-americano Sean Penn segura bandeira do Egito durante protestos nesta sexta-feira.  REUTERS/Stringer