Martina McBride deixa NY rosa por combate ao câncer de mama

segunda-feira, 3 de outubro de 2011 11:01 BRT
 

Por Vernell Hackett

NASHVILLE (Reuters) - A cantora country Martina McBride está iluminando a cidade de Nova York este mês, colocando um brilho rosa ao longo do prédio do Empire State Building para lembrar o combate ao câncer de mama, no momento em que está lançando seu novo álbum.

McBride, que já cantou sobre problemas femininos em canções antigas como "Independence Day" e "Broken Wing", fará um show privado e um evento beneficente chamado "Martina McBride: Acendendo o Céu" no prédio histórico, em Manhattan, no dia 14 de outubro.

Queremos enviar uma mensagem coletiva de esperança para pacientes com câncer de mama, sobreviventes e apoiadores, ao transformar um dos marcos mais populares do mundo em rosa", disse McBride à Reuters.

O atual single da cantora, "I'm Gonna Love You Through It", é baseado em uma história real sobre Lily Isaacs, uma sobrevivente do câncer de mama que está livre da doença há 27 anos.

"Meu primeiro pensamento foi, 'será que as pessoas ficarão desconfortáveis ao ouvirem isso?' porque os autores usaram palavras que não são normalmente encontradas em músicas", disse McBride. "Meu pensamento seguinte foi, 'seria bastante corajoso gravar uma música como essa', e daí eu pensei, 'vou gravar esta música'. Tudo isso se passou na minha cabeça em cerca de 15 segundos."

O show em Nova York acontece três dias após a cantora lançar "Eleven", seu álbum de estreia na gravadora Republic Records, um novo selo que representa apenas uma das várias mudanças na vida da cantora.

McBride escolheu gravar "Eleven" fora de Nashville, levando músicos e o produtor Byron Gallimore para Atlanta, onde ela conseguiu evitar distrações e se concentrar em "nada além de fazer música," trabalhando sempre que a criatividade aflorava.

"Eleven" inclui seis músicas que McBride co-escreveu, o que é um território novo para a veterana do country, com 20 anos de carreira, e ela disse que tem sido libertador cantar músicas na qual ela participou da criação.

Com o novo álbum, a cantora disse que sentiu que tinha o apoio para criar um disco que pressionava os limites do que as pessoas esperavam dela. O álbum chega às lojas de varejo e online no dia 11 de outubro.

"No passado, eu sempre me preocupei em fazer um álbum que o rádio tocaria, que meus fãs e pais gostariam. Tentei calar essas vozes e mergulhar em um ótimo álbum, e consegui fazer isso."