Carlos Slim eleva participação no New York Times

quinta-feira, 6 de outubro de 2011 21:39 BRT
 

(Reuters) - Carlos Slim, o bilionário mexicano que emprestou ao New York Times 250 milhões de dólares, elevou sua fatia na companhia pela terceira vez em dois meses.

Agora, Slim detém 8,1 por cento das ações preferenciais do New York Times, frente aos anteriores 7,5 por cento que possuía em agosto.

Slim adquiriu cerca de 850 mil ações cujos preços variaram de 5,84 a 6 dólares por ação em 3 e 4 de outubro por meio do fundo Inmobiliaria Carso, segundo documentos regulatórios.

A ação do New York Times fechou em alta de 12,7 por cento a 6,75 dólares nesta quinta-feira. No ano, até o momento, a ação acumula queda de 38,8 por cento.

As ações de empresas do setor de jornais McClatchy e Media General fecharam em alta de 8,8 por cento e 14,2 por cento, respectivamente.

O New York Times pagou de volta a quantia de 250 milhões de dólares a Slim em 15 de agosto, cerca de cinco meses antes do esperado.

Slim tem direitos de compra de 15,9 milhões de ações preferenciais da companhia que expiram em 15 de janeiro de 2015.

(Reportagem de Jennifer Saba)