17 de Outubro de 2011 / às 11:23 / 6 anos atrás

'Gigantes de Aço' bate 'Footloose' nas bilheterias dos EUA

Hugh Jackman na estreia de "Gigantes de Aço", em Los Angeles. Os robôs de "Gigantes de Aço" saíram-se melhor do que a garotada de "Footloose", refilmagem do clássico dos anos 1980, mantendo-se na liderança das bilheterias norte-americanas pela segunda semana consecutiva. 02/10/2011Danny Moloshok

Por Lisa Richwine

LOS ANGELES (Reuters) - Os robôs de "Gigantes de Aço" saíram-se melhor do que a garotada de "Footloose", refilmagem do clássico dos anos 1980, mantendo-se na liderança das bilheterias norte-americanas pela segunda semana consecutiva.

"Gigantes de Aço" obteve cerca de 39,6 milhões de dólares em vendas de ingressos no mundo em três dias, disse no domingo a distribuidora Walt Disney Co. Desse total, o filme ganhou 16,3 milhões de dólares nos cinemas do Canadá e EUA.

"Footloose", a história de adolescentes que desafiam a proibição contra danças em uma cidadezinha norte-americana, ficou atrás, com 16,1 milhões de dólares, nos cinemas nos dois países.

O fato de ser uma história que agrada à família toda ajudou "Gigantes de Aço" a ficar em primeiro lugar, disse Dave Hollis, o vice-presidente executivo da Disney para venda e distribuição de filmes.

O filme, produzido pela DreamWorks, traz no elenco Hugh Jackman como o pai que se aproxima do filho ao restaurarem juntos um robô que participará de uma luta de boxe.

Até agora o filme já fez 51,7 milhões de dólares nos cinemas norte-americanos, além de 56,6 milhões no mercado internacional, somando globalmente 108,3 milhões de dólares.

A estréia de "Footloose" ficou de acordo com as expectativas do estúdio. A refilmagem, que custou cerca de 24 milhões de dólares, traz Dennis Quaid como o pregador local e atores desconhecidos nos papéis principais. Kevin Bacon estrelou o filme original em 1984.

No terceiro lugar nas bilheterias do final de semana está o filme de horror "A Coisa", com fracos 8,7 milhões de dólares. O filme, sequência do sucesso de 1982, fala sobre uma equipe de cientistas que viaja para a Antártida para investigar uma criatura alienígena. A produção custou cerca de 38 milhões de dólares.

O drama político "The Ides of March", dirigido e coestrelado por George Clooney, obteve 7,5 milhões de dólares em seu segundo final de semana nos cinemas, ficando em quarto lugar. Clooney também ajudou a escrever o roteiro sobre escolhas morais durante as primárias entre dois políticos que concorrem à presidência.

Em quinto lugar ficou "Dolphin Tale", baseado em um livro que relata a história real de um golfinho ferido que é reabilitado, recebendo uma prótese na cauda. O filme obteve 6,3 milhões de dólares nos Estados Unidos no fim de semana.

A nova comédia "The Big Year" foi um fiasco. Com um elenco de pesos-pesados como Steve Martin, Owen Wilson e Jack Black no papel de observadores de pássaros, o filme ficou em nono lugar com apenas 3,3 milhões de dólares nas bilheterias norte-americanas.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below