Ex-mulher de Paul McCartney é processada por cabeleireiro

quarta-feira, 19 de outubro de 2011 11:57 BRST
 

LOS ANGELES (Reuters) - A ex-mulher de Paul McCartney Heather Mills está sendo processada por um cabeleireiro de Los Angeles que alega que a ex-participante de um reality show na TV não lhe pagou 80.000 dólares, dívida feita quando ela tentava a fama em Hollywood.

David Miramontes, que é conhecido como David Paul, alega no processo aberto na Corte Superior de Los Angeles na terça-feira que trabalhou para Mills de 2005 até 2008, mas que pediu demissão porque ela não o pagava. Segundo ele, Mills não tinha dinheiro até que o divórcio do ex-Beatle foi finalizado.

Mills e McCartney terminaram o casamento em 2008 e em dezembro daquele ano Mills começou a evitar Miramontes. A conta de 80.000 dólares ainda não foi paga. Miramontes cobra 5.000 por corte de cabelo fora de seu salão, segundo a ação judicial. Além de receber o que lhe é devido, Miramontes quer que Mills pague os custos do tribunal e os honorários de seu advogado.

Nem Mills, que mora na Grã-Bretanha e em Nova York, nem seu agente puderam ser contatados até terça-feira.

Mills e McCartney casaram-se em 2002 em uma cerimônia deslumbrante na Irlanda, mas quatro anos depois estavam separados, alegando intrusão em suas vidas privadas.

No amargo acordo de divórcio Mills ficou com 24,3 milhões de libras (38 milhões de dólares).

A ex-modelo de 43 anos se apresentou no programa "Dancing With the Stars" em 2007, apesar de ter a perna esquerda amputada abaixo do joelho depois de um acidente de carro em 1993.

McCartney casou-se novamente no início deste mês com a herdeira norte-americana Nancy Shevell em Londres.

(Reportagem de Jonathan Stempel e Bob Tourtellotte)

 
Ex-mulher de Paul McCartney Heather Mills fala com a mídia em frente do Supremo Tribunal em Londres, em 2008. Mills está sendo processada por um cabeleireiro de Los Angeles que alega que a ex-participante de um reality show na TV não lhe pagou 80.000 dólares, dívida feita quando ela tentava a fama em Hollywood.
 17/03/2008 REUTERS/Stephen Hird