Pai de Lindsay Lohan é preso acusado de violência doméstica

terça-feira, 25 de outubro de 2011 17:53 BRST
 

Por Robert Green

ST. PETERSBURG, Estados Unidos (Reuters) - O pai da atriz Lindsay Lohan, Michael Lohan, foi preso na Flórida nesta terça-feira sob acusação de violência doméstica, depois que sua namorada o acusou de ameaçar jogá-la pela varanda, informou a polícia.

Michael Lohan, de 51 anos, que recentemente apareceu em um programa de celebridades na TV, disse à polícia em Tampa que ele nunca colocou as mãos na mulher.

Dois agentes responderam a um chamado de violência doméstica em um apartamento, onde Kathryn Major disse que ela e Lohan tinham discutido sobre uma ordem de restrição que ela tinha contra ele.

Kathryn, de 28 anos, disse que ela e Lohan tiveram um relacionamento de idas e vindas durante dois anos, mas que atualmente não estavam juntos. Ela contou que deixou Lohan ficar a seu lado depois que ele foi ao apartamento na noite de domingo, de acordo com o relatório policial.

Kathryn afirmou que Lohan ficou violento, gritou com ela em relação a uma audiência na próxima semana para uma ordem de restrição e depois que ela se recusou a praticar sexo oral. Ela disse que ele jogou o controle remoto contra ela, mas não a acertou.

Kathryn sofreu contusões leves e reclamava de dores no ombro, mas recusou atendimento médico, segundo o relatório policial.

Lohan admitiu ter quebrado o telefone celular de Kathryn durante uma discussão, mas disse que nunca iria machucá-la, disse a polícia.

Ele declarou à polícia que o casal tinha acabado de se mudar para Tampa para escapar do assédio da mídia sobre a filha dele, Lindsay Lohan.   Continuação...