ESTREIA-Rowan Atkinson revive agente trapalhão Johnny English

quinta-feira, 27 de outubro de 2011 14:47 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - Conhecido pela série de TV "Mr. Bean", o ator Rowan Atkinson parece estar sempre fadado aos mesmos papéis. O sujeito trapalhão e engraçado, que faz rir mesmo chorando, está impresso em seus personagens, apesar da multifacetada carreira inglesa.

Em "O Retorno de Johnny English", o ator interpreta o agente do serviço secreto britânico Richard Lathan, em uma clara paródia à franquia 007. Como ocorreu no primeiro filme (2003), a agência MI-7 se vê obrigada a colocá-lo em ação, apesar da completa inépcia do profissional.

Ele é chamado após um período de imersão e treinamento com monges tibetanos para impedir um atentado contra o primeiro-ministro chinês, a partir de um complô entre KGB, CIA e até mesmo o MI-7. Para isso, contará com a colaboração do agente Tucker (Daniel Kaluuya), seu parceiro de desventuras, e da chefe Pamela (Gillian Anderson, de "Arquivo X"), que apaga o rastro dos problemas deixados por ele.

As situações inusitadas protagonizadas por English chegam a lembrar as de Peter Sellers em "Casino Royale" (1967), mas sem a elegância do segundo. Atkinson mantém a mesma expressão deslavada, seja em cenas onde recebe chutes na virilha ou em piadas mais sofisticadas.

Como comédia familiar, "O Retorno de Johnny English" pode agradar aos fãs de Atkinson, apesar do fraco roteiro. Mesmo sendo a antítese de 007, este agente secreto tem uma compreensão muito diferente dele mesmo, levando o espectador a um divertido jogo de ironias. Papel ideal para Atkinson.

(Por Rodrigo Zavala, do Cineweb)

* As opiniões expressas são responsabilidade do Cineweb

 
Rowan Atkinson na exibição do filme "O Retorno de Johnny English", em Madri, em setembro. 26/08/2011 REUTERS/Andrea Comas