Salma Hayek é uma gata sem garras e sem lei em "O Gato de Botas"

sexta-feira, 28 de outubro de 2011 15:49 BRST
 

Por Zorianna Kit

LOS ANGELES (Reuters) - Salma Hayek já foi muitas coisas: estrela de cinema, diretora, produtora, esposa e mãe. Na sexta-feira, ela soma os atributos "sem garras e sem lei" à lista, fazendo o papel da feroz heroína Kitty Softpaws no novo desenho animado "O Gato de Botas".

O filme é estrelado por Antonio Banderas como o Gato de Botas, com voz sexy e capacidade de lançar olhares tristes, apresentado inicialmente em "Shrek 2", de 2004.

Neste filme, o Gato de Botas se une a Kitty Softpaws, uma ladra felina que teve suas garras cortadas, e Humpty Dumpty (Zach Galifiankis) para frustrar os esforços malvados de Jack e Jill (Billy Bob Thornton e Amy Sedaris), que querem plantar feijões mágicos e roubar um ganso de ouro.

A Reuters conversou com Hayek, de 45 anos, sobre seu primeiro trabalho com animação, sobre Valentina, sua filha de 4 anos com o bilionário francês François-Henri Pinault, e a vida de uma mamãe em Paris.

P: Como foi sua primeira vez fazendo um filme de animação?

R: Foi incrível! Você não precisa levantar duas horas antes das outras pessoas porque é mulher e seu cabelo e maquiagem levam mais tempo. Não precisa pensar no que vestir. Não precisa ficar bonita. Não precisa fazer regime. É só ir lá e fazer o trabalho. Foi uma libertação!

P: Você criou uma voz específica para o papel?

R: Não. Eu pretendia usar minha própria voz, porque meu sotaque já é um pouco como um filme de animação!   Continuação...